Isadora Becker | unicos.cc

Isadora Becker

“Para mim a monitoria durante o curso foi essencial, me permitiu contato com os professores e me apaixonei por ensinar”

Postado em 12 de dezembro de 2016 por Thamyres Thomazini

Cozinheira, youtuber e criativa. Estas são algumas definições para descrever a egressa do curso de Gastronomia, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Isadora Becker. Antes de ingressar na universidade, Isadora chegou a fazer Letras durante um ano e meio, na UFRGS, mas desejava cursar algo que pudesse exercer sua criatividade. Como cozinhar para os amigos era umas das atividades que mais lhe dava prazer, resolveu trocar de curso.

_MG_6724 menor

Ela conta que na faculdade de Letras e na escola era uma aluna na média, mas com a gastronomia se tornou aplicada e com excelentes notas, pois finalmente estava fazendo algo que amava. Na sua trajetória acadêmica, um dos momentos mais especiais foi a Mostra de Gastronomia, onde ela apresentou dez receitas inspiradas em suas dez músicas preferidas de jazz, através na sinestesia- fenômeno neurológico que consiste na produção de duas sensações de natureza diferente por um único estímulo. Para sua realização, Isadora fez uma pesquisa profunda sobre os artistas, os sabores e sensações possíveis.

Mas a área da gastronomia não é fácil, conforme Isadora. Durante as férias acadêmicas, ela realizava diversos estágios, porém sem remuneração. Para ter uma renda extra, também fazia eventos.

Isadora trabalhou com Neka Menna Barreto, que há mais 25 anos realiza grandiosos baquetes em São Paulo e hoje tem uma das maiores empresas de alta gastronomia do país. O restaurante Suprem, de pratos vegetarianos e indianos, o bistrô Pâtissier do renomeado chef Marcelo Gonçalves e o restaurante Olympe, eleito um dos 50 melhores da América Latina também estão no seu currículo.

Isa.jpgmenor

Após sua formatura, a chef criou seu canal no youtube, o “Gastronomismo”, que hoje tem quase duzentos mil inscritos e faz muito sucesso.  “Não queria trabalhar em restaurante para manter a delicadeza de cozinhar para poucas pessoas”, conta Isadora.

Atualmente, o Youtube é sua profissão. Seu canal aborda muito mais que receitas. Entre seus diferenciais está o humor, o carisma e a irreverência. Além de apresentar pratos inspirados em séries, a estética dos vídeos chama atenção: sempre coloridos, provocando em que assiste a vontade de estar com ela, seja para provar seus pratos deliciosos ou para uma simples conversa. “Nos vídeos sou eu mesma, sempre me divertindo ao máximo”, conta.

Isa-42

E essa atividade já lhe proporcionou muitas oportunidades, como a participação no programa Entubados, do canal Sony, onde oito youtubers de diferentes áreas produziram conteúdos inéditos. “Eu saí da minha zona de conforto, isso sempre faz bem, nos força a ser mais criativa”, comentou sobre essa experiência.

A vontade de juntar dinheiro para fazer uma especialização e para abrir uma escola de gastronomia, um dos seus sonhos, foram motivações para criação do seu canal. O curso que sonha ministrar é orientado para jovens que desejam se aprofundar no preparo de pratos diferentes, mas por prazer, não como profissão; e para aqueles que não têm nenhum contato com a cozinha e gostariam de aprender.

isadora_pulp MENOR

Mas não só de cozinha que é feita a vida da gastrônoma. Filmes e séries britânicas são seus vícios. A série Call the Midwife e o reality show RuPaul’s Drag Race estão entre seus favoritos. Para ela, além de um hobbie, assistir a diferentes programas faz parte de sua profissão, pois como atuar é uma de suas atividades, isso acaba servindo de inspiração para trabalhos atuais e futuros.

Viajar também é uma de suas grandes paixões. Itália, Dinamarca e Quênia foram alguns dos países que já conheceu. No país africano, foi a trabalho, inclusive. A embaixada brasileira a convidou para desenvolver durante uma semana banquetes com pratos típicos da daqui com objetivo de divulgar a cultura do Brasil à comunidade local.

menor_MG_6654

Isadora ainda tem outro grande sonho: fazer uma série de vídeos viajando pelo mundo, principalmente para o Japão. “Quero mostrar as comidas típicas, a cultura e os costumes de diferentes países”, completou.

Pingue-pongue:

Um professor inesquecível: Flavia da Silveira e Silva

Uma vez matei aula para: ajudar uma amiga que tinha terminado o relacionamento

Um amigo de infância que fiz durante a faculdade: Mariana Moura

Um livro marcante: Sem reservas

Um mico que paguei na faculdade: errar a receita de toucinho do céu

Meu lugar favorito na Unisinos: baleia

Todo gastrônomo é: comilão

Todo gastrônomo deveria ser: organizado

Um profissional na área que foi referência para mim: Marcelo Gonçalves

 

 

Thamyres Thomazini

Thamyres Thomazini

Repórter


facebook-unicos twitter-unicos flickr-unicos youtube-unicos creative-unicos