Agexcom cria campanha sobre ditadura militar | unicos.cc

unicos

ditadura

Agexcom cria campanha sobre ditadura militar

Estagiários produziram trabalho que divulga evento do IHU, cujo tema é os 50 anos do Golpe de 64

Postado em 21 de fevereiro de 2014 por Leonardo Vieceli

Durante a ditadura militar, instaurada no Brasil entre 1964 e 1985, muitas vozes foram caladas. Apesar da repressão, outras encontraram na música uma maneira de protesto contra o regime da época. Canções como É Proibido Proibir, de Caetano Veloso, e Cálice, de Chico Buarque, driblaram a censura presente no país do futebol.

Entre os próximos meses de março e abril, o Instituto Humanitas Unisinos (IHU) promove o evento “50 anos do Golpe de 64. Impactos, (des)caminhos, processos”, cuja campanha publicitária ficou a cargo de estagiários do núcleo de Publicidade e Propaganda da Agexcom. Para divulgar o evento, eles criaram releituras sobre as canções surgidas ao longo da ditadura.

CARTAZ 1

(Foto: Divulgação)

“As letras das músicas não podem ser utilizadas de forma totalmente igual. Então, criamos uma paráfrase sobre elas. O mais interessante do trabalho é fazer uma volta ao tempo e ver como eram os anos 60”, conta Renata Saraiva, responsável pelo Atendimento Publicitário da campanha. Sob a supervisão da professora Luciana Braun e do publicitário Robert Thieme, a equipe de estagiários que trabalhou no projeto conta ainda com Douglas Reinaldo (diretor de Arte) e Vinicius Candaten (redator).

Para conhecer melhor o ambiente da ditadura, Candaten e Reinaldo visitaram o Museu da Comunicação Hipólito José da Costa, em Porto Alegre, antes de produzir a campanha. No local, os estagiários buscaram informações sobre o ambiente do regime ditatorial. “Eles foram ao museu para pesquisar em jornais da época e captar a atmosfera daquele momento”, explica Luciana.

Membro da comissão organizadora de “50 anos do Golpe de 64. Impactos, (des)caminhos, processos”, Caio Coelho destaca a importância do movimento tropicalista para a compreensão do regime militar. “A gente (o IHU) entrou em contato com a Agexcom. Um ícone da ditadura são as fotos da época, como a da morte do jornalista Vladimir Herzog. Outra coisa icônica é a música. A partir disso, surgiu o projeto da campanha”, aponta.

CARTAZ 2

(Foto: Divulgação)

Evento inicia em 13 de março

Segundo Coelho, a realização de “50 anos do Golpe de 64. Impactos, (des)caminhos, processos” foi idealizada em julho do ano passado. O tema do evento está relacionado à filosofia do instituto, que é a de trabalhar com acontecimentos que impactaram na sociedade. “Queremos oferecer algo para os alunos da universidade, já que a maior parte deles não viveu naquela época”, afirma.

O evento começa no próximo dia 13 e se estende até 24 de abril. Coelho lembra que as inscrições são gratuitas.  Confira algumas das atrações:

- Apresentação e debate do livro: 1964: A Conquista do Estado. Ação Política, Poder e Golpe de Classe (DREIFUSS, René Armand. Editora Vozes, Petrópolis, Rio de Janeiro, 1981)

Debatedores: Prof. MS Gilberto Faggion e Prof. MS Lucas Luz

Quando: 13 de março, das 19h30min às 22h

Onde: Sala Ignacio Ellacuría e Companheiros, no IHU

 

- Caminhos Cruzados: Imprensa e Estado Autoritário no Brasil

Palestrante: Profa. Dra. Maria Aparecida de Aquino (FFLCH/USP)

Quando: 8 de abril, das 19h30min às 22h

Onde: Sala Ignacio Ellacuría e Companheiros, no IHU

 

- Modernização Conservadora: impactos do regime militar nas universidades

Palestrante: Prof. Dr. Rodrigo Patto Sá Motta (IFCH/UFMG)

Quando: 15 de abril, das 19h30min às 22h

Onde: Sala Ignacio Ellacuría e Companheiros, no IHU

 

- Golpe de 64 e o direito à memória: a atuação da Comissão da Verdade

Palestrante: Prof. Dr. José Carlos Moreira da Silva Filho (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS)

Quando: 22 de abril, das 19h30min às 22h

Onde: Sala Ignacio Ellacuría e Companheiros, no IHU

CARTAZ 3

(Foto: Divulgação)

Para ver a programação completa do evento, clique aqui.

Leonardo Vieceli

Estagiário de Jornalismo


facebook-unicos twitter-unicos flickr-unicos youtube-unicos creative-unicos